Jardim Anália Franco, a pérola da zona leste

Jardim Anália Franco, a pérola da zona leste

Localizado na zona leste, o distrito tem apenas 51 anos e é um dos bairros nobres da região.

O nome foi dado em homenagem Anália Emília Franco, professor, colunista de revista, poeta e autora de romances, que fomentou a construção de escolas e instituições de caridade. 

Com foco em ajudar crianças e mulheres, a filantropa manteve dezenas de escolas, abrigos, clínicas e asilos. 


História

Em 1901, Anália comprou uma chácara e fundou a Associação Feminina Beneficente e Instrutiva, na qual empregou ex-prostitutas e abriu um colégio. 

A educadora morreu 18 anos após a compra do terreno, o que prejudicou o funcionamento da instituição. Em 1968, ocorreu o loteamento das terras da Associação e essa partilha originou o bairro com o nome atual. 

Primeiramente a região era conhecida como Sítio do Capão Grande, mas com a compra pelo Regente Diogo Antônio Feijó, o nome passou a ser Chácara Paraíso a pedido do próprio dono.

A região desta instituição tornou-se o Jardim Anália Franco e a casa principal foi mantida até 1993, mas sem condições financeiras a mesma foi comprada e recuperada pela Universidade Cruzeiro do Sul, que atualmente funciona no local.


Mobilidade

A localização estratégica é uma das grandes vantagens do bairro. O Jardim Anália Franco tem proximidade com as avenidas Alcântara Machado, Salim Farah Maluf e Vereador Abel Ferreira. Além de ter fácil acesso a Marginal Tietê e a Radial Leste. 

Atualmente, o distrito não possui linhas de metrô ou CPTM, mas a prefeitura já planeja a construção de uma estação que ligue a linha 2-Verde e a 6-Laranja: a futura estação Anália Franco.

Já as linhas de ônibus estão presentes nas principais vias da região.

 

Lazer

Um dos pontos referenciais de moda e cultura da região é o Shopping Anália Franco que está entre os 5 maiores shoppings da cidade de São Paulo, tendo mais de 400 lojas, 43 opções de alimentação e 9 salas de cinema, sendo uma delas 4DX. Entretanto, este centro comercial não fica no bairro Jardim Anália Franco, mas sim no Tatuapé.


1. Centro Esportivo, Recreativo e Educativo do Trabalhador (CERET)

O parque público CERET foi inaugurado em 1975 com espaço de 286 mil m² e ampla estrutura para atividades ao ar livre.

O local oferece campos de futebol, futebol de areia e rugby, quadras de vôlei, vôlei de praia, basquete, e mais quatro quadras poliesportivas, piscinas, pista para caminhada e de atletismo, salas de ginástica e boxe, playground, salão de jogos, bosque para leitura, espaço pet, academia ao ar livre e o ginásio poliesportivo.

Para utilizar a piscina é necessário apresentar foto 3x4, comprovante de residência e RG para fazer a carteirinha. Fora isso, toda a estrutura do parque é gratuita e não é necessária a apresentação da carteirinha, incluindo o uso do estacionamento.

Encontros de yoga, tai chi chuan, karatê, capoeira, hidroginástica e treinos abertos poliesportivos também são realizados no parque. Além disso, local recebe eventos temáticos com food trucks especializados.

Para saber mais sobre a programação acompanha as redes sociais do CERET ou no site da prefeitura.


2. Saint Decor Café Bistrô

O café e bistrô é inspirado na França provençal. Os toques clássicos, e até um pouco retrô, compõe o charme do Saint Decor.

O cardápio conta com clássicos pratos franceses, sobremesas bem elaboradas e as mais diversas opções de bebidas quentes e gelado. 

Já o espaço temático é aconchegante e ambientado com música francesa, uma ótima opção para quem deseja dar um tempo na correria do dia a dia. O Saint Decor também vende algumas decorações inspiradas na temática do estabelecimento.

Um destaque do estabelecimento é a possibilidade de reservar o espaço para eventos.


Mercado imobiliário

Caracterizado como um bairro residencial, o Jardim Anália Franco é um bairro moderno e tem tudo que uma família precisa para viver bem.

Em meados dos anos 80, o distrito passou pelo “boom” imobiliário que primeiramente fez surgir os sobrados geminados e pouco tempo depois os prédios de alto-padrão. A chegada do Shopping Anália Franco e da Universidade Cruzeiro do Sul aceleraram este processo de valorização do bairro.

De acordo com os dados do Portal de Imóveis da Zona Oeste, o preço médio dos apartamentos no bairro é de R$ 8.500,00; e o valor médio dos sobrados da região é de R$ 5.000,00 por metro quadrado.

Atualmente, o distrito conserva aspectos de cidade do interior com seus sobrados, mas mantém com uma potente infraestrutura de comércio, serviço e lazer.


Receba Novidades

Cadastre-se e receba as novidades do mercado imobiliário em seu email.

Blog Leardi - Últimas Notícias

Fique por dentro das novidades do mercado imobiliario e de franquias. Oportunidades, dicas, informação.